Brasil
Postada por:  Assessoria de Comunicação,  em  19/10/2014 às 20h03
Link:
Aécio diz que é 'evolução' Dilma ter admitido desvios na Petrobras
Candidato do PSDB, no entanto, disse que ainda faltam providências. Tucano fez carreata de campanha neste domingo em Copacabana.

19/10/2014 às 20h03

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, comentou neste domingo (19) o fato de a presidente Dilma Rousseff ter admitido que houve desvio de dinheiro da Petrobras por meio de esquema de corrupção. Para Aécio, a fala da presidente foi uma "evolução". Ele disse, no entanto, que ainda faltam ser tomadas providências sobre o suposto esquema na estatal.

Neste sábado (18), Dilma comentou as denúncias na Petrobras. Ela lembrou que já pediu ao Ministério Público a transcrição dos depoimento do ex-diretor de Refino e Abastecimento Paulo Roberto Costa, que firmou acordo de delação premiada ter a pena reduzida em troca de passar informações sobre o suposto esquema. Dilma disse que fará o possível para "ressarcir o país". Se houve desvio de dinheiro publico, nós queremos ele de volta. Se houve [desvio], não. Houve, viu?", declarou Dilma na ocasião.

Aécio falou sobre a declaração da presidente em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, antes de participar de uma carreata por Copacabana.

"Vejo evolução nesse fato dela admitir. Quando houve o pedido da CPI da Petrobras, o PT disse que era um factoide, e os fatos estão aí. Mas as providências  ainda não foram tomadas", disse o candidato.

Aécio também criticou o tom dos recentes debates na TV com a presidente Dilma. Para ele, as discussões devem ser em torno de propostas. Aécio e Dilma vêm trocando ataques cada vez mais intensamente nesta reta final de campanha.

"Faço um convite para debater propostas. É preciso uma briga de ideias, e não de pessoas. Vamos mostrar como superar indicadores sociais, melhorar os índices da indústria, entre outros aspectos", afirmou Aécio, que participará do debate da TV Record neste domingo.

Entre os apoiadores de Aécio, que acompanharam o candidato em Copacabana, estavam o senador eleito em São Paulo, José Serra, o candidato a vice na chapa de Pezão ao governo do Rio, Francisco Dornelles, o técnico de vôlei Bernardinho, o presidente do PPS, Roberto Freire, e o ex-jogador Ronaldo.





Outras Fotos






21/09/2017
Caldeirão do Hulk invade Viçosa
12/09/2017
Laticínios Porto Alegre abre sua terceira fábrica em MG e a cidade escolhid...
31/08/2017
Médica pontenovense morre e passageiros de van ficam feridos após acidente ...
30/07/2017
Aaparp - Associação de Amigos e Protetores dos Animais de Rio Pomba
30/07/2017
Estudo da Unicamp traça novos parâmetros de crescimento de crianças e joven...

 

 

:: CLIQUE UNIVERSITÁRIO ::
Ponte Nova - MG
(31) 3881-2734 - (32) 99135-1603 (31) 98382-4723 - (31) 99816-4952

 Online Agora:

  14

 Visitas:

  886537